domingo, 11 de janeiro de 2009


Final de tarde, começo de poesia.

Nenhum comentário: